Roubos de cães (como prevenir)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Roubos de cães (como prevenir)

Mensagem por Déboora em Qua Dez 23, 2009 12:20 pm

Com a prática clandestina da luta de cães, infelizmente cada vez mais generalizada e a coberto da enorme passividade das autoridades, muitos cães são roubados para servirem de treino para essas lutas. As raças preferidas são as de médio e grande porte, nomeadamente o pastor alemão, o labrador e outros.

No entanto, o roubo de cães abrange de momento todas as raças, inclusive SRDs, vulgo rafeiros, porque os motivos não se reduzem às lutas de cães. Se julga que o seu cão está em segurança e que ninguém o quer, está muito enganado. Tenha sempre presente este princípio: “Este fenómeno não acontece apenas às outras pessoas. Também me pode afectar a mim”. Pense na angústia por que passaria se o seu cão desaparecesse. Nunca ande com o cão sem trela. Guarde-o bem.

Os motivos dos roubos são muito diversificados, daí os alvos recairem sobre as mais variadas raças de maior ou de menor porte.



Motivos dos roubos


Os motivos mais comuns são os seguintes:

Arrow Para venda se o cão pertencer a uma raça com alguma cotação no mercado (a).

Arrow Para reprodução, se o cão for de uma raça “conceituada” (b).

Arrow Para treino de cães de luta (c).

Arrow Para experiências laboratoriais (d).

Arrow Para alimentação de humanos (e).

Arrow Para alimentação de animais exóticos (f).

Arrow Para utilização da sua pele em vestuário (g).

Arrow Para cultos satânicos (h).

Arrow Para se obter uma gratificação (i)


(a) Esta é a situação eventualmente menos grave e mais rara, se o cão se destinar a companhia ou a guarda.

(b) Normalmente são vendidos às “fábricas de animais” onde se fazem produções intensivas e em condições a todos os títulos reprováveis.

(c) Os cães roubados são de os de grande porte e usados como isco. São presos e mordidos pelos cães usados nas lutas, cujos donos os incitam como forma de treino para os tornar mais agressivos.

(d) Nestas situações não há distinção de raça ou do porte do animal. O cão doméstico é preferido por ser mais dócil e por isso mais fácil de “manusear” ou de dissecar.

(e) Nestas situações não se distinguem raças nem o porte do animal. Tudo serve.

(f) Nestas situações não se distinguem raças nem o porte do animal. Tudo serve.

(g) É a nova moda.

(h) Cultos primitivos praticados por gente primitiva, atrasada mental e sem escrúpulos.

(i) Simulação de que o cão foi encontrado perdido para receber a respectiva gratificação.



Qualquer destes objectivos do furto é assustador e envolve o sacrifício do animal, em muitos casos de forma extremamente impiedosa e violenta.



Como são roubados os cães?


Encontram-se imensos cães soltos, sem trela, seja com o dono presente ou mesmo na ausência do dono. É facílimo roubar um cão nestas circunstâncias. No entanto, há outros processos mais elaborados.

A maior parte dos casos ocorrem com animais jovens, ou seja, que ainda não têm capacidade de se defender e que são deixados nos quintais ou varandas das casas durante o dia.
Basta o ladrão observar a casa uns dias e fica a saber a rotina dos donos.
Em relação aos animais adultos recorre-se frequentemente a cadelas com cio para os atrair e distrair do seu instinto de guarda. Também se utiliza comida como isco. Ou ainda, por simples observação, aposta-se nos que se revelam mais mansos.

No entanto, a maior parte dos furtos verifica-se em relação a cães que os donos deixam ir soltos á rua ou que são presos ao poste enquanto o dono entra numa loja (situação muito frequente). Ou dentro do automóvel. Também é muito frequente verem-se cães dentro de um carro estacionado com as janelas ligeiramente abertas para eles respirarem...



Cuidados a ter


Arrow Vigilância permanente. Nunca o perca de vista.

Arrow Não o deixe no jardim ou no quintal enquanto não está em casa.

Arrow Se tiver que o deixar no jardim, procure que ele não possa ser visto do exterior.

Arrow Nunca o passeie sem trela mesmo que o local seja seguro em relação a atropelamentos.

Arrow Procure treiná-lo numa escola para ele recusar comida e carícias oferecidas por estranhos.

Arrow Procure ser discreto no chamamento do cão, não divulgando desnecessariamente o seu nome.

Arrow Um cão castrado fica muito menos vulnerável e com menos tendência de se afastar de casa.

Arrow Não deixe o cão só, preso ao poste, no exterior da loja ou do supermercado.

Arrow Não deixe o cão sózinho dentro do carro enquanto vai aos seus afazeres.

Arrow Informe a Polícia de situações de furto de cães na sua zona, mesmo que não se trate do seu cão em particular.

Arrow Tenha sempre fotografias actualizadas e bem elucidativas do cão.

Arrow Peça ao seu veterinário que lhe aplique um microchip.

Arrow Mantenha as licenças e boletim de vacinas actualizados.

Estes conselhos não são alarmistas. Muitas pessoas cuidadosas têm sido alvo de furto dos seus cães. Mais vale prevenir do que remediar. Só que nestes casos o remédio não existe.



O que é o microchip?

O microchip é um minúsculo objecto electrónico pouco maior do que um grão de arroz, que se coloca no cão através de uma injecção sub-cutânea, normalmente na região do cachaço.

O chip contém um número único, tal como o do Bilhete de Identidade de uma pessoa e pode ser lido através de um scanner.

Quando o chip é aplicado no cão (normalmente é o veterinário assistente que faz esse trabalho) o respectivo número e a identificação do proprietário do cão (nome e morada) são enviados para um organismo (SIRA), que reúne e gere esses dados.

Assim, por exemplo no caso de um cão encontrado perdido e efectuando a leitura do chip através de um scanner, operação que pode ser feita por um veterinário, é possível obter a identificação do proprietário do cão com grande facilidade e rapidez.



Segundo a nova legislação, de momento o chip é obrigatório apenas para determinadas raças, as consideradas "potencialmente perigosas". Mas a partir de 2008 é obrigatório para todos os cães e gatos.

No entanto, embora ainda não seja obrigatório por lei "chipar" os nossos whippets, há muitas vantagens em proceder à sua identificação por este processo.

Vamos resumi-las:

Arrow Facilidade de identificação do proprietário na circunstância de o cão se encontrar perdido.

Arrow Identificação inequívoca do cão em caso de roubo.

Arrow Não necessita de manutenção.

Arrow Responsabiliza o dono no caso de ele abandonar o cão.

Arrow Permite a contagem estatística do número de cães no nosso país (quando for obrigatório).

Desvantagens da aplicação do chip: nenhumas.


Chip:



Aplicação:



Leitura:



_________________________________

http://whippetp.no.sapo.pt/roubo_de_caes.htm
avatar
Déboora
Rafeiro Admin
Rafeiro Admin

Feminino Mensagens : 7279
Pontos : 16836
Reputação : 58
Data de inscrição : 30/07/2009
Idade : 20
Localização : Lisboa
Emprego/lazer : Estudante ;)

http://www.rafeiros-s-o-s.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum